Imposto de Renda 2020

Imposto de Renda 2020

Umas das diversas formas do governo arcar com os investimentos nos estados, manter os programas sociais de um pais é através do imposto de renda 2020. O cidadão contribui anualmente com imposto, isso de acordo com sua renda, sendo que quanto maior a sua renda, maior será sua contribuição para o IRPF 2020. Abaixo você poderá ter maiores informações sobre o Imposto de Renda 2020.

Imposto de Renda 2020
Imposto de Renda 2020

Quem precisa declarar o imposto de renda 2020?

Quem deve declarar o IRPFA declaração do imposto de renda 2020 é obrigatória caso você se enquadre em algum dos critérios da Receita Federal. Confira abaixo quem precisa declarar:

  • Teve, em 2019, rendimentos tributáveis que ultrapassaram os R$ 28.559,70
  • Teve, em 2019, rendimentos não-tributáveis que ultrapassaram os R$ 40.000,00
  • Teve, até dia 31 de dezembro de 2019, bens  e direitos com valor que superasse os R$ 300.000,00
  • Operou na bolsa de valores, de marcadorias ou de títulos futuros
  • Obteve, em 2019, rendimentos de atividade rural superiores a R$ 142.798,50
  • Obteve ganho de capital na venda de bens (imóveis, veículos, terrenos, etc)
  • Passou à condição de residente no Brasil.

Quem não precisa declarar o imposto de renda 2020?

Quem não precisa declararEstarão dispensados de entregar a declaração de ajuste anual do imposto de renda todos os brasileiros que se enquadram em alguma regra à seguir:

  • Quem não se enquadrar em nenhuma das regras listadas acima
  • Quem for declarado como dependente de outra pessoa
  • Quem teve bens e direitos declarados pelo cônjuge, desde que o valor não ultrapasse R$ 300.000,00

Alíquotas do Imposto de Renda 2020

As alíquotas do Imposto de Renda 2020 são definidas pela Receita Federal de acordo com a renda do trabalhador.

  • Isentos – Quem teve rendimentos de até R$ 22.847,76
  • 7,5% – Renda, durante 2019, entre R$ 22.847,77 até 33.919,80
  • 15% – Renda, durante 2019, entre R$ 33.919,81 até 45.012,60
  • 22,5% – Renda, durante 2019, entre R$ 45.012,61 até 55.976,16
  • 27,5% – Renda, durante 2019, acima de R$ 55.976,16

Tabela IRRF 2020 Mensal

Confira a tabela imposto de renda 2020 mensal, de acordo com os rendimentos mensais do trabalhador retidos na fonte:

Tabela do Imposto de Renda 2020
Base de cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até 22.847,76 Isento Isento
De 22.847,77 até 33.919,80 7,5 1.713,58
De 33.919,81 até 45.012,60 15 4.257,57
De 45.012,61 até 55.976,16 22,5 7.633,51
Acima de 55.976,16 27,5 10.432,32

*IRRF é a sigla para Imposto de Renda Detido na Fonte. É o imposto que é cobrado diretamente na fonte de pagamento. Ex: folha de pagamento.

Ter o imposto retido na fonte não isenta de declarar o seu informe anual a receita federal, através do imposto de renda.


Restituição Imposto de Renda 2020

As restituições do IR correspondem aos valores que o trabalhador pagou durante o ano no imposto retido na fonte. Após a realização da Declaração do Imposto de Renda é preciso ficar atento a consulta da Restituição.

Essa restituição funciona em casos que o valor foi declarado incorretamente. Por isso, é importante ficar atento aos detalhes.

O pagamento da Restituição é de responsabilidade da Receia Federal. Ou seja, é este órgão que irá devolver o dinheiro.

Siga os passos abaixo para realizar a consulta:

Tela de Consulta Imposto de Renda, do site da Receita Federal
Tela de Consulta Imposto de Renda, do site da Receita Federal

Na janela aberta você terá todas as informações sobre a restituição IRPF 2020.


Como Simular o Imposto de Renda

Para simular você mesmo o quando você teria de pagar de IR, basta acessar o site da Receita Federal clicando aqui, onde deverá informar todos os campos e informações solicitadas pelo site, outro ponto importante é que você só poderá realizar a simulação com base nos dados do ano anterior do seus rendimentos.

Declaração do Imposto de renda 2020

Para você que necessita realizar sua declaração anual de imposto de renda, é importante saber que a mesma ainda não está disponível, mas você já pode ir se preparando e separando todo o necessário para realizar a mesma dentro do prazo de entrega imposto pelo Governo, evitando assim multas e dores de cabeça. Se você é um iniciante e nunca declarou o IRPF na vida confira o passo a passo abaixo:

  1. Em primeiro lugar você precisa separar todos os documentos que são solicitados no momento de efetuar a sua declaração de imposto de renda, são eles:
    • Comprovantes de pagamentos
    • folhas de salário
    • gastos médicos
    • gastos com educação
    • rendimentos de alugueis
    • rendimentos de aplicações financeiras
    • Informe financeiro do seu banco
    • Informe de rendimentos do INSS
    • Comprovante de compra de bens, como por exemplo carro, moto e imóveis;
  2. Após realizar a primeira etapa você deverá acessar o site da receita federal e realizar o download do programa na página PGD (BAIXE AQUI);
  3. Com isso em mãos e o software da receita devidamente instalado em seu computador ou dispositivo, acesse o programa para iniciar sua declaração;
  4. Preencha seus dados pessoais (CPF e Nome completo
  5. Informe todos os rendimentos na declaração, bens e direitos e possíveis abatimentos;
  6. Após finalizar o preenchimento dos dados, verifique as pendências da sua declaração;
  7. Escolha qual o tipo de declaração que você deseja realizar:
    • Declaração Simplificada
    • Declaração Completa
  8. Preencha os dados da sua restituição do imposto de renda 2020 (Banco, agência e conta)
  9. Após concluído, basta enviar sua declaração.

Viu só!? Tudo isso de forma, simples, rápida e fácil.

Declaração do Imposto de renda pelo aplicativo IRPF

  1. Baixe o APP da receita federal no seu celular;
  2. Preencha seus dados cadastrais com todas as informações solicitadas;
  3. clique em “Fazer declaração” e em seguida “criar ou continuar sua declaração”
  4. Confirme o processo e inicie a declaração do seu IRPF.

Multa por atraso na entrega do Imposto de Renda

A penalidade para o atraso da declaração do imposto de renda 2020 pode variar de R$ 165,74 a 20% do valor devido pelo contribuinte.

E não existe apelação para o processo: mesmo que o atraso seja de apenas 1 minuto.

Portanto, entregue sua declaração o mais cedo possível, para evitar a lentidão dos servidores nas últimas horas do prazo para declaração do IRPF.

Você tem restituição do IRPF para receber?

O principal benefício da entrega mais cedo é que as restituições são entregues na ordem de envio das declarações para a Receita Federal. Dessa forma, quanto mais cedo você enviar sua declaração, mais rápido receberá a restituição do imposto de renda 2020.


Casos de Isenção Imposto de Renda 2020

Nem todas as pessoas possuem a obrigatoriedade de realizar a declaração do Imposto de Renda. Para isso é preciso se enquadrar nos requisitos na Receita Federal.

Caso contrário você está isento do pagamento deste imposto, como nos seguintes casos:

Aqueles que possuam renda mensal menores que os limites da alíquota de isenção;

Aposentados que possuam alguma doença grave, estando ela disposta na lei 7.716/88 (Câncer, AIDS, Paralisia, entre outras). Lembrando que a isenção não é automática, precisando ser solicitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *